Correr pra quê mesmo???

O ano voando…e na correria da vida moderna, você cuida da casa, do(a) companheiro(a), do emprego fora, e da lista enorme de afazeres que acumulamos. É minha amiga(o), falta tempo!!! E acredite: você não está sozinho(a)!!!

Mas, no mês dedicado à prevenção do câncer de mama – o famoso outubro rosa, uma notícia que não é nova vem lembrar a importância de arrumar um tempo para atividade física nas nossas vidas.

Diversas pesquisas demonstram (há praticamente uma década) que a atividade física pode diminuir o risco de câncer de mama (e também de outros tumores!), mesmo quando o indivíduo apresenta sobrepeso!

A atividade física realizada de maneira correta controla o peso, ajuda a manter o funcionamento do intestino e reequilibra os hormônios que poderiam estimular o desenvolvimento de tumores. Também melhora o nosso sistema imunológico, fazendo com que o organismo esteja mais apto a impedir as células cancerígenas de aparecerem.

O melhor é que esses benefícios não se restringem a prevenção do câncer de mama, mas também parecem reduzir o risco de tumores de endométrio, próstata, rim, pâncreas, intestino e bexiga!

Aí você pensa: “Ah, mas eu não quero fazer esporte, academia…” ok, meu amigo(a), mas essa prática não se restringe a prática de esportes ou exercícios pesados. Comece fazendo caminhadas, preferindo as escadas, indo a pé para o trabalho ou passeando com o cachorro…sim, já é um começo!

O que se recomenda são 75 minutos (ou 1h e 15 min) de atividade intensa por semana ou 150 minutos (2h e 30 min) de atividade moderada por semana. Isso quer dizer aquela velha história de caminhar meia hora todo dia sabe…

E se engana quem pensa que a atividade física pode ajudar somente quem ainda não teve nenhum tumor! Mesmo aqueles que já desenvolveram o problema e se encontram em tratamento são beneficiados por esse hábito, além de auxiliar em questões como autoestima e superação da doença!

É isso!!!E agora que você já sabe…tá esperando o quê pra calçar o tênis???

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria deixar seu comentário?
Então, participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *